Drones e VANT: O uso da tecnologia a favor do licenciamento ambiental

1 de agosto de 2018

Compartilhe isto:

O desenvolvimento tecnológico tem propiciado a aplicação de alternativas eficientes na coleta e espacialização de informações obtidas por meio de geoprocessamento. A variedade e integração de dados terrestres e orbitais têm possibilitado a elaboração de mapas em escalas e níveis mais detalhados, sendo este um reflexo da maior disponibilidade de equipamentos que favorecem o mapeamento mais preciso de áreas, como os drones e VANTs (Veículos Aéreos Não-Tripulados).

Estes equipamentos representam um grande avanço tecnológico quando o tema é monitoramento e mapeamento de regiões, principalmente por sua versatilidade e facilidade de operação. Controlados à distância, por computadores ou outros dispositivos eletrônicos, podem percorrer e vistoriar extensas áreas por um custo muito inferior ao de realizar o mesmo percurso através de sobrevoo tripulado ou através de transporte terrestre. Com o acesso a esta nova tecnologia, torna-se possível realizar análises mais completas e detalhadas, quando comparadas às análises obtidas com os métodos convencionais. Além disso, os levantamentos realizados com estes aparelhos fornecem imagens atuais, nítidas e de alta precisão, contribuindo para a identificação de elementos, ao contrário do que acontece com imagens obtidas por satélites, que, por diversas vezes, podem refletir em dificuldades decorrentes da presença de nuvens, por exemplo.

A aplicabilidade destas ferramentas também pode ser relacionada ao processo de Licenciamento Ambiental, que exige a apresentação de uma série de informações que passam a ser facilmente obtidas com o uso das imagens de drones e VANTs. As informações apresentadas passam a ser obtidas por menor custo, sendo ainda mais precisas, nítidas e atualizadas, por serem obtidas no período de estudo. A qualidade do material produzido também favorece ações de monitoramento e fiscalização ambiental de empreendimentos, principalmente em áreas extensas e onde há a atuação de diversas empresas. Os drones e VANTs possibilitam o controle periódico das áreas licenciadas, subsidiando a tomada de decisão em ações emergenciais e/ou continuadas.

Alguns órgãos ambientais já utilizam a tecnologia no Brasil, como por exemplo, em Santa Catarina, onde a FATMA (Fundação do Meio Ambiente) prevê a utilização de drones na fiscalização do Complexo Eólico Contestado, em Água Doce. Os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo já utilizam drones em monitoramentos, fiscalizações e para o acesso a áreas de risco aos agentes de fiscalização dos órgãos ambientais.

Os drones e VANTs vem sendo amplamente utilizados em regiões de frequente desmatamento, como é o caso da Amazônia, e também para estudos relacionados à fauna e à flora, em locais de difícil acesso. Um exemplo recente da utilização de drones para fins ambientais refere-se ao Parque Estadual do Cantão (TO), onde os VANTs são utilizados para obtenção de imagens de monitoramento de áreas de difícil acesso na Amazônia (iniciativa de pesquisadores do Instituto Araguaia).

A Napeia Consultoria e Projetos atua desde de 2015 com soluções em geotecnologias para auxiliar empresas nacionais e internacionais na prospecção de áreas para instalação de novos projetos, na avaliação de sensibilidade ambiental, no monitoramento da evolução de projetos de recuperação de áreas degradadas, entre outros.

Os serviços de geotecnologias ofertados pela Napeia, realizados com auxílio de VANTs e drones próprio, contemplam atividades de levantamento topográfico tradicional e com VANT, georreferenciamento, batimetria, processamento de imagens para classificação de uso e de cobertura do solo, geração de imagens aéreas e ortomosaicos de alta resolução; geração de Modelo Digital de Elevação (DEM), geração de nuvens de pontos, geração de modelo 3D do terreno, elaboração de mapas temáticos (mapas viários, hidrográficos, de vegetação, de uso e ocupação do solo, hipsométrico, entre outros), monitoramento intensivo de fauna e de flora por meio de VANTs e drones e sensoriamento remoto.

Acesse informações sobre nossos serviços de geotecnologias aqui.
  

Galeria de imagens

Receba o nosso conteúdo em seu email