Projeto no Parque Nacional das Araucárias ganha destaque internacional

11 de julho de 2016

Compartilhe isto:

Em um universo de 1.407 casos espalhados por 25 países, o Premios Latinoamérica Verde selecionou o projeto de reintrodução do papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias (SC) como um dos 50 melhores projetos socioambientais da América Latina na categoria Biodiversidade e Fauna. O projeto realizado pelo Instituto Espaço Silvestre preparou, soltou e monitora, até o hoje, 83 papagaios no interior da unidade de conservação.

Há aproximadamente 30 anos, avistar grupos destas aves sobre as matas do Parque Nacional era algo comum. No entanto, o desmatamento e captura de animais para o comércio ilegal reduziram drasticamente a população da espécie, ao ponto da extinção no local. Hoje, a reintrodução e proteção dos papagaios-de-peito-roxo cabem ao projeto.

Além disso, são realizados estudos científicos sobre a variabilidade genética dos papagaios reintroduzidos no parque. As análises estão sendo realizadas na Universidade Estadual Paulista (Unesp), Campus de Botucatu, com financiamento da Fundação Grupo Boticário. Outra iniciativa são as atividades de educação ambiental em mais de 15 comunidades no entorno do parque e em outros municípios do estado. Há também nestes locais iniciativas de geração de trabalho e renda para mulheres.

Para informações sobre o projeto do Instituto Espaço Silvestre, confira as publicações e acompanhe as redes sociais.

Os Premios Latinoamérica Verde buscam exibir, conectar e premiar os 500 melhores casos de responsabilidade sócio-ambiental de indivíduos, empresas ou governos. O resultado da premiação internacional será divulgado no dia 25 de agosto.

Fonte: Wiki Parques

Galeria de imagens

Receba o nosso conteúdo em seu email